Bahia, 14 de Maio de 2021
Por: agazetabahia
17/04/2021 - 07:03:38

A prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres, bate o pé, e decide não aderir à Policlínica.

Segundo ela, Eunápolis iria arcar com um valor anual de quase R$ 2 milhões para contar com os mesmos serviços de saúde oferecidos atualmente pelo município. Além disso, existe ainda a clara indicação quanto a redução na oferta de serviços, a exemplo de exames de tomografia computadorizada.

Enquanto o município hoje realiza uma média de 200 por mês, a Policlínica do Consórcio ofereceria apenas 92 exames mensais desse tipo. Em 2017, quando houve a adesão de Eunápolis, a realidade era outra e hoje não há razão de se integrar o Consórcio.

Veja + Comentários do Tomás