Bahia, 16 de Abril de 2024
Por: Divulgação
19/05/2023 - 05:44:59

O renomado diretor de teatro Rai Alves está celebrando seus 45 anos de carreira com a estreia de seu mais recente espetáculo, intitulado "Sr. Boros". A peça marca mais um avanço significativo na trajetória desse talentoso diretor, conhecido por suas produções inovadoras e pela capacidade de cativar o público.

Rai Alves, um dos nomes mais influentes do teatro baiano, tem conquistado reconhecimento e admiração ao longo de sua carreira. Seus espetáculos são conhecidos por sua abordagem criativa, pelo uso de técnicas inovadoras e pela maneira como exploram temas complexos e relevantes. 

O artista - que tem larga experiência no teatro, cinema e televisão - começou sua carreira em 1978 no Teatro Livre da Bahia e Escola de Teatro da UFBA, tendo em seu currículo vários filmes, novelas e séries, passando pela Rede Globo, Manchete, SBT e TV. Conhecido na região, onde ministrou várias oficinas nos municípios do território da Costa do Descobrimento e atualmente está coordenador material e imaterial da Secretaria de Cultura de Itabela.

Em entrevista, Rai Alves compartilhou sua emoção e gratidão por todo esse trajeto envolvido com a cultura. “Tenho que agradecer aos meus mestres, colegas e meus alunos, pois com eles aprendo muito, porque o processo artístico se dá quando ouvimos o outro e sem o outro não há arte e muito menos cultura. Trabalhar todos esses anos com a arte está sendo um grande aprendizado”, disse o artista.

“Sr. Boros”

O espetáculo "Sr. Boros" foi estreado no dia 11 de maio, no Teatro Xisto Bahia. De forma dinâmica e poética, o monólogo com o ator Marcus Sousant e produção de Luka Barbosa (Cúpula das Artes), traz à tona temas como saúde psíquica, repressões sociais, ancestralidade e o ritmo de vida frenético desse tempo. O Sr. Boros é um reconhecido artista circense que “cai em si” e percebe que ao passar dos anos a sua vida se tornou uma contradição: ele sente-se vazio, mesmo lotando o auditório do grande Circus Pantomima. Vivendo em uma verdadeira corda bamba das emoções, o notável artista do riso se percebe paralisado na encruzilhada entre um passado brilhante e um futuro incerto, e recorre à análise para encontrar respostas, mas o caminho lhe reserva muitas outras perguntas, contudo, o show não pode parar.

Veja + Reportagem Especial