Bahia, 06 de Outubro de 2022
Por: CNN Brasil
06/09/2022 - 05:24:04

Depois de um 2021 e boa parte de 2022 com preços recordes de commodities, o agronegócio e a mineração podem lidar com um cenário diferente a partir de 2023, mas associações do setor ainda veem o quadro com otimismo, esperando um impacto limitado da perspectiva de desaceleração econômica global.

Do petróleo à soja, as commodities têm sua cotação definida internacionalmente, e seguindo uma das leis mais clássicas da economia, a de oferta e demanda. Em resumo, quanto maior a busca por esses produtos, que possuem quantidades limitadas na natureza, maiores os seus valores.

Em 2022, por exemplo, o petróleo chegou a ultrapassar os US$ 120 com um descompasso de oferta e demanda piorado pela guerra na Ucrânia. O conflito também fez preços de commodities agrícolas, como o trigo, dispararem.

Esse panorama é especialmente importante para o Brasil, já que as commodities ocupam um espaço cada vez maior na pauta de exportação, com um peso crescente na economia e ajudando, por exemplo, nos resultados do Produto Interno Bruto (PIB).

Veja + Reportagem Especial