Bahia, 23 de Julho de 2024
Por: Joven Pam
21/11/2023 - 06:09:44

A cidade de Araçuaí, localizada em Minas Gerais, teve o dia mais quente no histórico de medições do Brasil, de acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O município de 36.712 habitantes registrou a temperatura de 44,8ºC no domingo, 19, após 18 anos da última temperatura máxima registrada no país. O recorde anterior foi registrado em 21 de novembro de 2005, em Bom Jesus, no Piauí, com máxima de 44,7ºC. Esta foi a oitava onda de calor que atingiu o Brasil, a qual estava em atuação desde o dia 8 de novembro e se encerrou no fim de semana. Apenas no mês de outubro deste ano, o Brasil registrou 3 ondas de calor. A informação foi compartilhada pelo Inmet em seu perfil oficial no X (antigo Twitter). 

Já em São Paulo, após dias de extremo calor, a chegada da frente fria no fim de semana fez com que a Defesa Civil  alertasse para a possibilidade de rajadas de ventos. No sábado, 18, as rajadas atingiram cerca de 87,8km/h na cidade de Ourinhos, interior de São Paulo. Até a noite de domingo, 19, pelo menos 26 cidades paulistas foram atingidas por temporais e fortes ventos, com quedas de árvores, falta de energia e água. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da capital paulista, as chuvas devem ficar mais intensas a partir de quinta-feira, 23, com calor de menos impacto.

A região Sul, contudo, tem vivido impactos mais intensos em relação ao tempo. Quatro pessoas morreram no Rio Grande do Sul após as fortes chuvas dos últimos dias, onde aproximadamente 194 mil pessoas foram afetadas por vendavais, enxurradas, inundações e soterramentos. Mais de 138 cidades relataram danos e ocorrências diversas, deixando cerca de 63 pessoas feridas, 7.527 desalojadas e 2.653 desabrigadas. Como mostrou o site da Jovem Pan, o Rio Guaíba em Porto Alegre, capital do Estado, atingiu níveis preocupantes de inundações nesta segunda-feira, 20, o que levou a prefeitura a fechar as comportas do sistema de proteção contra cheias. Em Santa Catarina, três pessoas faleceram por conta dos temporais e uma está desaparecida. Cerca de 60 municípios do Estado registraram ocorrências relacionadas à temporais, inundações, vendavais, alagamentos, granizo e enxurradas. Nas redes sociais, internautas compartilharam vídeos de cidades atingidas na região.

Para as próximas duas semanas, o Inmet prevê os maiores volumes de chuva para o noroeste e sul do país. Estão previstas pancadas de chuva em áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste. Na região nordeste, o tempo deve permanecer quente e seco. No norte, a previsão é de chuva em formas de pancadas.

 

Veja + Notícias/Geral