Bahia, 30 de Janeiro de 2023
Por: agazetabahia
24/01/2023 - 06:31:53

O presidente do Consórcio Interfederativo de Saúde da Costa do Descobrimento, Agnelo Santos, encaminhou correspondência aos prefeitos consorciados, relatando os verdadeiros fatos sobre a demissão da diretora do referido Consórcio, Lívia Oliveira.

A demissão de Lívia ocorreu em virtude de a mesma passar a ser investigada pela Ouvidoria da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, depois de ser denunciada por assédio moral, por uma ex-servidora do Consórcio.
Pesa ainda sobre Lívia acusações de que ela autorizou em seu próprio contracheque o auxílio combustível para seu deslocamento diário para a cidade de Porto Seguro, quando no seu contrato consta que ela deveria residir no município de Eunápolis.
Outro fato grave, foi a acusação de que a ex-diretora estava abastecendo seu veículo particular no posto de combustível vencedor do certame licitatório. Além disso, Lívia é citada de ter autorizado outra colega, também demitida, de abastecer seu carro no mesmo posto.

As informações apontam que a ex-diretora não tinha nenhuma autorização para fazer os indevidos abastecimentos.
Diante de tais denúncias, o presidente do Consórcio, Agnelo determinou a instauração de uma Comissão de Sindicância, para apurar os fatos. 
No bojo da denúncia formulada contra Lívia junto à Ouvidoria da Secretaria de Saúde consta que ela, agia de forma grotesca contra os(as) colegas, gritando, deixando faltar materiais e outras falhas. 
Nossa reportagem tentou conversar com Lívia Oliveira na manhã desta terça-feira, mas não foi possível.

Veja + Notícias/Geral