Bahia, 29 de Novembro de 2022
Por: CNN Brasil
21/11/2022 - 06:44:57

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai a Brasília nesta segunda-feira (21) com a possibilidade de definir o desenho do grupo técnico da Defesa na equipe de transição. O horário previsto para a chegada de Lula e sua agenda com a equipe do gabinete de transição não foram divulgados. Na semana passada, o ex-ministro Aloizio Mercadante, coordenador técnico da transição, falou sobre o anúncio do futuro ministro da Defesa. “Vou falar com o presidente antes de anunciar, não há chance [de anunciar antes]. Aguardem segunda-feira”, disse Mercadante na ocasião.

Na sexta-feira (18), o ex-ministro reafirmou que o ministro da Defesa que será anunciado “será um civil”. Lula já havia afirmado que a pasta não seria ocupada por um militar. Atualmente, o Ministério da Defesa é ocupado pelo general do Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

Mercadante afirmou que os nomes seriam anunciados nesta segunda e serão plurais. “[Grupo] terá representatividade e será plural”, disse.

O grupo de trabalho de Relações Exteriores do gabinete de transição também se reúne nesta segunda-feira, pela manhã, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde está sediada a equipe de transição.

A reunião acontece após Lula voltar do Egito, onde participou da COP27, e à Europa, onde se reuniu com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. A atuação do governo eleito na área das Relações Exteriores têm sido um dos pontos que o presidente eleito e seus aliados têm tentado explorar desde a eleição.

O petista recebeu apoio de diversos políticos já durante o período eleitoral, entre eles o primeiro-ministro português e Pedro Sánchez, primeiro-ministro da Espanha. O grupo de trabalho de Relações Exteriores é composto por ex-ministros do Itamaraty e diversos especialistas da sociedade civil.

O ex-senador e ex-ministro Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) é um dos integrantes, assim como o também ex-ministro Celso Amorim (PT). O ex-senador Cristovam Buarque, que foi ministro da Educação no governo Lula, também integra o grupo, assim como Pedro Abramovay (ex-secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça no governo Lula), Audo Faleiro (diplomata, ex-assessor para Assuntos Internacionais da Presidência da República nos governos Lula e Dilma), Monica Valente (ex-secretária de Relações Internacionais do PT), entre outros.

Veja + Notícias/Geral