Bahia, 06 de Outubro de 2022
Por: Ascom/ Veracel Celulose
23/09/2022 - 05:50:32

A importância do diálogo, da união, da valorização da mão de obra local e da consciência sobre o ecossistema foram os principais pontos abordados por Caio Zanardo, diretor-presidente da Veracel Celulose, na abertura do Fórum Brasil Agroflorestal, na noite de quarta-feira, 21, em Eunápolis, no Sul da Bahia. Com promoção da Associação dos Produtores de Eucalipto do Extremo Sul da Bahia (ASPEX) e patrocínio da Veracel, é o primeiro evento regional relevante para a silvicultura pós-pandemia, reunindo produtores florestais e empresas do setor agroflorestal.

Convidado pela ASPEX para fazer a palestra de abertura, Zanardo iniciou sua fala destacando que a relação da Veracel com os parceiros florestais vai além de uma relação comercial e, justamente por isso, o tema de sua palestra foi Parcerias de valor, futuros de sucesso. “Parceria de valor transcende as relações comerciais”, destacou.

Em sua fala, o diretor-presidente da Veracel destacou a importância do diálogo, da confiança e da capacidade de aprendizado coletivo na busca de um bem comum. “Tem que ter transparência, para que a gente possa conversar abertamente”, destacou Zanardo ao se referir à relação da empresa com os parceiros florestais.

A importância da união na busca de um bem comum foi muito enfatizada pelo diretor-presidente, ao falar sobre a procura de soluções para problemas que atingem a todos. “Essa é a maestria de quando a gente começa a aprender coletivamente. O lema da ASPEX é ‘juntos somos mais fortes’. Então não sou eu que estou falando, vocês entendem isso há muito tempo”, destacou o diretor-presidente, lembrando que empresas, microempresas, pequenas empresas e governos fazem parte de um ecossistema e precisam entender as dores uns dos outros na busca de soluções.

“Hoje tivemos a felicidade de conhecer o novo presidente da Veracel. Fiquei animado. Caio trouxe uma luz que nos deixou com muita esperança. Trouxe de volta o bom relacionamento entre ASPEX e Veracel. Estou no terceiro ciclo de plantio e quero mais dois”, disse Antônio Cruz, representando os Produtores Florestais da Veracel.

A qualificação da mão de obra foi outro ponto ressaltado por Zanardo. “Nós temos mão de obra disponível na região, basta andar cinco quilômetros na costa de Porto Seguro para sabermos a carência das pessoas. Como podemos nos articular para despertar as expertises que nós temos?”, perguntou para a plateia composta, em sua maioria, por produtores rurais, políticos da região, empresários e interessados na temática de agronegócio.

Investimentos na região

Caio Zanardo falou ainda sobre os investimentos que a empresa tem feito na região, citando a BA-658 e a ponte sobre o Rio Jequitinhonha, que estão sendo construídas pela Veracel em parceria com o governo do Estado, e do investimento de mais de R$ 50 milhões de reais em compras na região – 30% a mais que em 2021. “Quando a gente olha para fora e para dentro, dá para desenvolver a região”, disse ele.

Zanardo falou que a Veracel está trazendo tecnologia e inovações na busca do desenvolvimento conjunto e falou sobre o programa Aliança, que é direcionado a produtores rurais de municípios do Sul da Bahia que tenham interesse em fazer parceria florestal com a Veracel Celulose por meio do cultivo de eucalipto em suas propriedades. “Esse projeto vem garantir que a Veracel quer perpetuar na região”, destacou.

E, ao comentar a questão levantada durante a abertura do evento de que a empresa está com planos de expandir sua fábrica na região, Zanardo disse: “Obviamente a gente quer duplicar, mas nenhuma fábrica vai ser instalada sem que a sociedade queira”. Encerrando sua participação na abertura do fórum, o diretor-presidente da Veracel destacou que o jeito Veracel de ser é junto e convidou todos os presentes a estarem juntos na caminhada pelo desenvolvimento da região. 

Destaques da programação

Um dos destaques desta quinta-feira será a palestra Dinheiro em árvore? Plantar eucalipto é um bom negócio, proferida pelo gerente de Negócios e Administração de Terras na Veracel Celulose, José Henrique do Nascimento Junior.

E uma das grandes expectativas do participantes será realizada no fim da tarde: a Rodada de Oportunidades, atividade que promoverá reuniões de negócios entre produtores rurais e empresas, com ofertas e demandas de serviços e produtos. Será uma oportunidade para os participantes realizarem vários contatos em um mesmo local, otimizando tempo e aumentando as oportunidades de bons negócios. A Veracel será uma das empresas-âncora dessa rodada, que terá mediação do IEL (Instituto Euvaldo Lodi).

Todas as palestras do evento estão sendo transmitidas ao vivo pela internet para todo o Brasil e a América Latina. Para participar das palestras presenciais e online é só fazer a inscrição gratuita no site.

O Fórum Brasil Agroflorestal continua até amanhã, dia 23, apresentando novas tecnologias e avanços no manejo para enfrentar as mudanças climáticas e melhorar a competitividade.

Sobre a Veracel Celulose

A Veracel Celulose celebra 31 anos de atuação em 2022. Com a fábrica em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em mais 10 outros municípios da região. Responsável pela produção de 1,1 milhão de toneladas de celulose/ano, 100% da madeira de eucalipto utilizada no processo produtivo é certificada ou controlada em conformidade aos princípios e critérios de padrões normativos internacionais FSC e CERFLOR. Com 50% de participação cada, seus acionistas são duas grandes operadoras no setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso.

A Veracel é considerada como uma das melhores empresas para se trabalhar na Bahia, de acordo com o selo Great Place to Work (GPTW). Além dos mais de 100 mil hectares de área protegida ambientalmente, é guardiã da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro, a Estação Veracel, que recebeu o Certificado de Serviços Ecossistêmicos do Forest Stewardship Council® - FSC® C017612, emitido no Brasil pela certificadora Imaflora.

Além dos contratos de parceria com produtores locais, totalizando mais de 20 mil hectares, a Veracel possui 3.191 empregos diretos e cerca de 16 mil beneficiados pelas iniciativas de educação, saúde e geração de renda, desenvolvidas nos últimos anos.

Ser responsável, inspirar pessoas e valorizar a vida é propósito da empresa.

Veja + Notícias/Geral