Bahia, 06 de Outubro de 2022
Por: Ascom/ Veracel Celulose
22/09/2022 - 06:10:30

No Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro, a Veracel mantém seu compromisso permanente de conservação da biodiversidade da região em que atua, o Sul da Bahia, com ações de educação e conservação ambiental, prevenção a incêndios florestais, incentivo a pesquisas científicas, entre outras ações. Os números traduzem a importância das ações: são 16.393.982 árvores de eucalipto plantadas para fins industriais e outras 177.286 árvores nativas para restauração, totalizando 16.571.268 mudas em 2021. O plantio comercial de eucalipto foi da espécie Eucalyptus urograndis, e o das nativas englobou cerca de 30 espécies distintas por hectare restaurado.

“É importante destacar que tanto o eucalipto dos plantios comerciais quanto as árvores nativas usadas na restauração exercem um papel fundamental para o sequestro de carbono da atmosfera, minimizando os efeitos das mudanças climáticas”, diz Virginia Londe de Camargos, coordenadora de Estratégia Ambiental e Gestão Integrada da Veracel. “Se eu pudesse dar um conselho para as pessoas, eu diria: plantem árvores”, conclui a coordenadora.

O manejo florestal da Veracel é 100% certificado, e seus processos de produção são altamente responsáveis, o que propicia a conservação dos recursos naturais. A empresa possui mais de 100 mil hectares de área destinada à conservação ambiental e é guardiã da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro, a Estação Veracel, que recebeu o reconhecimento de Serviços Ecossistêmicos pela conservação da biodiversidade do Forest Stewardship Council® – FSC® C017612, emitido no Brasil pela certificadora Imaflora. Além disso, a RPPN está entre as 20 áreas do mundo com maior número de animais e de espécies arbóreas.

Além de manter a RPPN Estação Veracel, a companhia faz restauração florestal de 400 hectares por ano em áreas que anteriormente eram pastagens, propiciando a formação de corredores ecológicos que possam conectar fragmentos florestais de Mata Atlântica no seu território de atuação. Restaurar significa plantar árvores para restabelecer florestas naturais. Para isso, a Veracel considera uma lista das espécies que podem ser usadas e utiliza cerca de 30 espécies por hectare de restauração.

Plantio de eucalipto e de árvores nativas

Para cada hectare de área plantada, a Veracel destina 1 hectare de área para preservação e conservação ambiental. Em 200 mil hectares, cerca de 100 mil são de plantio de eucalipto e 100 mil são de áreas destinadas à vegetação nativa.

A empresa já plantou cerca de 7.500 hectares de restauração, com espécies nativas, totalizando mais de 5 milhões e 800 mil mudas de nativas desde o início do Programa de Restauração, iniciado em 1994. Esse processo já conectou aproximadamente 65 mil hectares de florestas naturais na região. Isto significa proteção para a circulação da fauna entre as áreas naturais, disponibilidade de recursos alimentares e água, além da troca genética que garante a manutenção das espécies.

Os plantios em mosaicos, onde o eucalipto é mantido no platô e as áreas dos vales são destinadas à conservação ambiental, trazem benefícios mútuos. Nesse modelo, há uma quantidade grande de interações entre insetos e plantas, colaborando para o controle de pragas e doenças nos plantios de eucalipto e fornecendo a proteção para a circulação da fauna.

Amigos da Fauna

Outro ponto interessante é que o Programa Amigos da Fauna, da Veracel, tem mostrado que a floresta de eucalipto é usada pela fauna para deslocamento, funcionando como um corredor entre um fragmento e outro, dando cobertura vegetal e segurança para o deslocamento e a circulação dos animais. A Veracel incentivou seus colaboradores a fotografar a fauna presente nas áreas da empresa, tanto nativas quanto em área de plantio, e 70% das fotos recebidas foram tiradas dentro dos plantios de eucalipto.

Árvore é árvore

Por ser uma árvore de crescimento rápido e própria para o uso comercial, o eucalipto fornece a madeira necessária para a produção de celulose e papel que usamos no nosso dia a dia, contribuindo para a conservação da Mata Atlântica.

Além disso, os dois tipos de árvore exercem o mesmo papel na natureza: precisam de água, fazem fotossíntese, realizam o sequestro de CO2 (retirada de carbono da atmosfera) e, portanto, minimizam os efeitos das mudanças climáticas. Hoje se sabe que o sequestro do CO2 é maior no momento de crescimento mais intenso, que são os primeiros anos de vida das árvores, tanto de nativas quanto de eucalipto. A floresta nativa, num dado momento, se autoproduz, isto é, ela já não tem mais excesso de CO2, porque o que sequestra equivale ao que emite para sua sobrevivência, atingindo um equilíbrio.

A manutenção da quantidade e da qualidade de água ocorre onde há árvores – o eucalipto consome água para viver tal qual as árvores de espécies nativas. Estudos de monitoramento de microbacias hidrográficas nas áreas da Veracel, realizados há 16 anos, mostram que há um equilíbrio na disponibilidade de água existente entre as microbacias que possuem plantio de eucalipto e as com vegetação nativa. As árvores contribuem ainda para a amenização das temperaturas e purificação do ar (menos poluição e melhor qualidade do ar).

“Portanto, eucalipto é árvore, eucalipto é vida e poupa a mata nativa”, lembra Virginia.

Curiosidade histórica

Na RPPN Estação Veracel há exemplares que datam cerca de 800 anos, segundo pesquisadores, e provavelmente presenciaram a chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil. A Estação Veracel é uma floresta natural no bioma Mata Atlântica que foi reconhecida pelo ICMbio como RPPN, visando à conservação da floresta perpetuamente.

Sobre a Veracel Celulose

A Veracel Celulose celebra 31 anos de atuação em 2022. Com a fábrica em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em mais 10 outros municípios da região. Responsável pela produção de 1,1 milhão de toneladas de celulose/ano, 100% da madeira de eucalipto utilizada no processo produtivo é certificada ou controlada em conformidade aos princípios e critérios de padrões normativos internacionais FSC e CERFLOR. Com 50% de participação cada, seus acionistas são duas grandes operadoras no setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso.

A Veracel é considerada como uma das melhores empresas para se trabalhar na Bahia, de acordo com o selo Great Place to Work (GPTW). Além dos mais de 100 mil hectares de área protegida ambientalmente, é guardiã da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro, a Estação Veracel, que recebeu o Certificado de Serviços Ecossistêmicos do Forest Stewardship Council® - FSC® C017612, emitido no Brasil pela certificadora Imaflora.

Além dos contratos de parceria com produtores locais, totalizando mais de 20 mil hectares, a Veracel possui 3.191 empregos diretos e cerca de 16 mil beneficiados pelas iniciativas de educação, saúde e geração de renda, desenvolvidas nos últimos anos.

Ser responsável, inspirar pessoas e valorizar a vida é o nosso propósito!

Veja + Notícias/Geral