Bahia, 29 de Janeiro de 2022
Por: agazetabahia
30/11/2021 - 22:51:47

Os empresários e também fazendeiros Gideval Muniz e seu filho Daniel Muniz moradores em Eunápolis, vem a público contestar através de Nota Pública matéria postada em blog regional, e contrapor as narrativas injuriosas e caluniosas, sem ao menos ouvir suas versões, como prega o bom jornalismo sério e ético. Vejam a Nota de Esclarecimento que estamos destacando: "Em que pese as especulações e matérias veiculadas nos últimos dias envolvendo a negociação da propriedade rural denominada Fazenda Jaguar, situada no município de Belmonte, vimos a público esclarecer, que a aquisição desta, foi realizada dentro da mais estrita legalidade, cuja negociação desde o início, se deu com lisura, respeito entre as partes, sem prática de qualquer ato que pudesse ao menos macular ou colocar em dúvida a mencionada aquisição.
Em suma, tanto a negociação, quanto à documentação correspondente, foi feita dentro da mais perfeita legalidade, ou seja, foram cumpridas todas as formalidades e atendidos integralmente todos os requisitos que norteiam esta espécie de compra e venda.

Concluído ainda, o registro, que muito embora exista demanda judicial envolvendo esta questão, certo é, que o Judiciário certamente verificará a lisura desta negociação, e por isso, tal qual já o fez no início da lide, ao final, prestará a tutela jurisdicional reconhecendo a legalidade dos atos praticados, e confirmará o nosso direito, inclusive, processando àqueles que vem ultrajando com atitudes pautadas na má fé e desonestidade, visando o loclupletamento em detrimento dos nossos direitos de cidadãos de bem, com história honrosa ao longo de décadas, sempre cumprindo com nossas responsabilidades e respeito ao próximo". O empresário e fazendeiro Gideval Muniz, conhecido no mundo do agronegócio, como, Zé Muniz, é pessoa referenciada por muitos homens de negócios, dono de postura digna ao longo de 40 anos de trabalho, e sem manchas em sua vida empresarial e no agronegócio. A reportagem do agazetabahia ao tomar conhecimento dos fatos, procurou os fazendeiros, obtendo deles farta documentação, através das quais, todo cidadão pode tirar quaisquer dúvidas sobre a transparência do negócio realizado. Observando ainda, que, existe um Ato Constitutivo de Transformação de Sociedade Empresarial Limitada em Empresa Individual Eireli, tendo o senhor Rodrigo Rodrigo Otávio Vithenzo como legítimo e único socio. Muito tranquilos, por reconheceram que a compra da fazenda foi feita dentro da honestidade e legalidade, Gideval Muniz e Daniel Muniz esperam que a justiça seja feita e reconheça e lisura na negociação.

 


Fac simile da Procuração de Rodrigo Otávio


Fac simile de parte de documento da Junta Comercial.

 

Ato que transforma a Sociedade Limitada em Individual Eireli
 

Veja + Notícias/Geral