Bahia, 01 de Dezembro de 2021
Por: Agazetabahia
24/11/2021 - 14:16:20

Dezenas de pequenos agricultores de diversos assentamentos, e localidades como o Ponto Bahia, Colônia e Ponto Maneca, estiveram reunidos nesta terça-feira, 23,  para acompanharem de perto o andamento da Sindicância Administrativa instaurada pela Secretaria de Gestão, para apurar denúncias formuladas junto ao MP, que os produtores apontam como pura armação, com bases infundadas, caluniosas e mentirosas.

Os agricultores associados da Associação Comunitária Agrícola Vila Colônia, alguns desses prestaram seus depoimentos, desmontando as narrativas dos falsos denunciantes, tendo como exemplo, a presidente do Sindicato dos (das) Trabalhadores (as) Rurais de Eunápolis, e depoente Maria das Graças, esta, que também é associada há mais de três anos; a presidente da referida entidade Ingrid Melo, a associada Lorena Alves e outras pessoas.
As denúncias frágeis contra a Associação, são infundadas, e devem cair por terra diante dos depoimentos coerentes, e firmes dos depoentes associados.

A Associação Comunitária é uma entidade com forte atuação na região, fundada no ano de 1988, apresentando todos documentos e certidões necessárias para o bom desempenho, e apoiando o setor produtivo nas regiões da Colônia, Ponto Maneca, Ponto Bahia, outras localidades e assentamentos.

A presidente Ingrid Melo, que prestou seus esclarecimentos nesta terça-feira, 23, disse acreditar na imediata reconsideração do Ministério Público e da Prefeitura, uma vez que, em razão desse impasse, dezenas de agricultores estão com seus produtos encalhados e se perdendo no campo. Também, condenou matérias infundadas publicadas por blogs de Eunápolis, cujo teor, não condiz com a verdade.

Veja + Notícias/Geral