Bahia, 16 de Outubro de 2021
VIOLÊNCIA / EUNÁPOLIS

Editorial de domingo: Entidades de Eunápolis devem cobrar do Estado soluções para o caso das duas jovens executadas
A sociedade regional tomou conhecimento através da imprensa sobre as execuções de duas jovens, Catrina Rocha, de apenas 15 anos, e Taísa Barbosa, de 22, na sexta-feira, 08, desovadas na estrada de Itabela. Esse crime bárbaro e violento, já que ambas foram atingidas com vários tiros no rosto e cabeça não deve ficar impunes como estão até hoje, os desaparecimentos das quatro jovens no dia 27 de julho de 2020 e até hoje, as autoridades não deram uma justificativa para a sociedade, e nem tão pouco entidades representativas de forma vergonhosa deram uma palavra sequer.
Por: agazetabahia
10/10/2021 - 14:49:12

A sociedade regional tomou conhecimento através da imprensa sobre as execuções de duas jovens, Catrina Rocha, de apenas 15 anos, e Taísa Barbosa, de 22, na sexta-feira, 08, desovadas  na estrada de Itabela.
Esse crime bárbaro e violento, já que ambas foram atingidas com vários tiros no rosto e cabeça não deve ficar impunes como estão até hoje, os desaparecimentos das quatro jovens no dia 27 de julho de 2020 e até hoje, as autoridades não deram uma justificativa para a sociedade, e nem tão pouco entidades representativas de forma vergonhosa deram uma palavra sequer.

Não importa se as jovens tinha relações com traficantes, drogas e qualquer outro tipo de conexões criminosos.
O que não se justifica é o silêncio que permeia entre as autoridades do município, as entidades e autoridades da Segurança Pública.

O Estado precisa dar uma resposta enérgica sobre esses crimes hediondos. Precisa impor sua força, sob pena de ser visto com desdém pelo povo, principalmente por aqueles familiares que perderam suas filhas e filhos ainda em tenra idades.

Veja + Notícias/Geral