Bahia, 12 de Junho de 2021
Por: Ascom/ CME
10/06/2021 - 18:40:52

Os 17 parlamentares de Eunápolis evidenciaram, na manhã desta quinta-feira (10/06), um marco histórico para a saúde do município e para mais de 200 mil moradores de outras seis cidades do Extremo Sul do Estado com a entrega da 17ª Policlínica Regional de Saúde. O ato contou com a presença do governador Rui Costa e do secretário de Saúde do Estado, Fábio Villas Boas, deputados federais, prefeitos e vereadores das cidades membros do Consorcio Interfederativo, além de secretários municipais, lideranças políticas e centenas de pessoas que acompanharam a solenidade. 

As autoridades hastearam as bandeiras do Brasil e da Bahia e ouviram uma breve execução do Hino Nacional Brasileiro. Depois do ato, junto com os profissionais da imprensa, puderam visitar as dependências do prédio da Policlínica. Logo após, seguiram para uma estrutura montada na parte externa onde participaram da solenidade de inauguração. 

A atuação dos vereadores de Eunápolis, que aprovaram a doação de terreno ao estado para construção do equipamento, recebeu o reconhecimento por parte do governador Rui Costa pela viabilização da Policlínica. “Aqui, de fato, vai o meu reconhecimento aos vereadores. Nós nos unimos e nos juntamos porque nesse momento, o que interessa é o cuidado com a saúde e a vida das pessoas. O meu reconhecimento e a minha gratidão aos vereadores que compreenderam isso”, disse Rui Costa. 

Em nome do Legislativo, o presidente Jorge Maécio destacou a concretização da Policlínica Regional e disse que “esses equipamentos visam oferecer o atendimento para quem necessita e garantir uma saúde pública com qualidade. Essa obra é da população. Para nós, o que mais importa é aquilo que a população precisa e, por isso, não mediremos esforços para que o povo seja bem atendido”, enfatizou o mandatário do Legislativo. 

A Policlínica funcionará através do consórcio de municípios, que para o Governo do Estado é uma das ferramentas de gestão mais eficientes para promover saúde pública. Os equipamentos contam com investimento do Estado que financiará 40% dos custos e os 60% restantes serão divididos, proporcionalmente, pelos municípios que formam o Consórcio. O município de Eunápolis irá investir por ano, cerca de R$ 1,8 milhão. 

Veja + Notícias/Geral