Bahia, 05 de Março de 2021
Por: A Gazeta Bahia
23/02/2021 - 06:52:52

Vários servidores estão revoltados com o não recebimento dos seus salários, pelos serviços prestados ao município na gestão da Prefeita Cordélia Torres. 

Pais e mães de famílias foram utilizados como massa de manobra, no início do governo, no intuito de repassarem as informações necessárias para o andamento dos setores, já que não houve transição na maioria das secretarias. Cumprindo assim, seu papel de servidores públicos, estes, foram descartados após completar o mês de trabalho, e outros ainda estão trabalhando, com a promessa de nomeação. Entretanto, não receberam seus salários até o momento e as ditas nomeações, que passam pelo crivo de assesores e gente do primeiro escalão.

O atraso reiterado no pagamento, se caracteriza ato de gravidade suficiente, a ensejar o direito a reparação por dano moral. 
Assim, nesta comprovada ocorrência do ato ilícito a produzir efeitos na esfera jurídico-patrimonial dos reclamantes.
Grande parte das reclamações estão vindo de servidores que trabalharam e estão trabalhando em setores da Secretária de Saúde e no Hospital Regional. Muitos ainda estão neste trabalho voluntariado, de forma submissa, acreditando que a nova gestão vai contratá-los.

Por outro lado, vereadores na Câmara Municipal, não se manifestam sobre o assunto, e nos parecem preocupados com seus próprios interesses, alheios a muitas questões importantes e de interesse das comunidades.

 

Veja + Notícias/Geral