Bahia, 08 de Março de 2021
Por: Teoney Guerra
20/01/2021 - 08:03:20
Com a supervalorização e saturação do mercado imobiliário no eixo Porto Seguro-Arraial d’Ajuda-Trancoso, que está chegando “no limite”, o setor se volta agora para um novo eixo: Santo André- Guaiu- Mogiquiçaba. O novo vetor de crescimento do mercado imobiliário na Costa do Descobrimento.
 
Esse novo eixo de desenvolvimento do turismo regional, que tem como principais atrativos: as belezas naturais, praias quase virgens e preços muito abaixo do mercado regional está se abrindo no momento em que avança a proposta que há dentro do governo,  de requalificar a estrada já existente, que liga essa parte da Costa do Descobrimento à BR 367 sem a travessia na balsa. Assim, essa microrregião ficará a poucos quilômetros do novo Aeroporto da Costa do Descobrimento, cuja área já foi desapropriada pelo Governo do Estado da Bahia, no município de Santa Cruz Cabrália – e está sendo obtido o licenciamento.
 
O Aeroporto Internacional da Costa do Descobrimento será construído através de Parceria Público Privada (PPP) entre o Estado da Bahia e a empresa alemã, Flughfen Munchen GmbH - administradora do aeroporto de Munique -, que será a administradora do novo aeroporto.
Para quem mora em Eunápolis, Itapebi, Itagimirim ou vem de Itabuna ou Vitória da Conquista, o acesso já é fácil e o percurso menor – do que pela Balsa -, pela BA-275, que dá acesso à Veracel Celulose.  
 
Diversos empresários de visão já se adiantaram e estão implantando empreendimentos imobiliários. 
Abrem-se, portanto, oportunidades, tanto para quem quer comprar, por um valor baixo, um terreno onde construir a sua Casa de Praia, bem como para o investidor, que pode comprar no momento, terrenos a preços baixos. Não há sombra de dúvida quanto à valorização nesse novo vetor do desenvolvimento regional. 
 
 
Veja + Notícias/Geral