Bahia, 30 de Novembro de 2020
DETRAN

Detran-BA discute em Brasília perspectivas do trânsito no pós-pandemia
O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) participa nesta quarta-feira (18), no Salão de Convenções do Hotel San Marco, em Brasília, do 68º Encontro Nacional dos Detrans. O evento vai reunir dirigentes dos órgãos e especialistas em segurança viária, seguindo os protocolos de prevenção ao novo coronavírus. Nesta terça-feira (17), acontecem as reuniões técnicas que antecedem o evento.
Por: Ascom - Detran
18/11/2020 - 07:26:23

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) participa nesta quarta-feira (18), no Salão de Convenções do Hotel San Marco, em Brasília, do 68º Encontro Nacional dos Detrans. O evento vai reunir dirigentes dos órgãos e especialistas em segurança viária, seguindo os protocolos de prevenção ao novo coronavírus. Nesta terça-feira (17), acontecem as reuniões técnicas que antecedem o evento.

Os participantes irão debater as mudanças na legislação de trânsito, inovações tecnológicas e perspectivas dos serviços de habilitação e veículos, no período pós-pandemia, e as iniciativas dos estados para prevenir acidentes, entre outros temas.

“O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tomou medidas ao longo do ano, que tiveram impacto nos procedimentos dos Detrans e, consequentemente, na rotina dos condutores. Na sequência, vieram alterações substanciais no Código de Trânsito. Vamos discutir tudo isso, para que os estados possam planejar melhor as ações que serão implementadas em 2021”, explicou o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel.

Veja + Notícias/Geral
PRESO SUSPEITO DE INVADIR O SISTEMA DO TSE

Polícia Federal prende em Portugal suspeito de invadir sistema do Tribunal Superior Eleitoral, operação segue em andamento
Operação da Polícia Federal, em conjunto com a polícia de Portugal, prendeu neste sábado (28) um suspeito de invadir o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Batizada de Exploit, a operação teve como objetivo desarticular um grupo criminoso que seria o responsável pelos ataques hackers ao TSE no primeiro turno das eleições deste ano, com o acesso e divulgação ilegal de informações de servidores públicos do Tribunal.